Nesse tutorial iremos aprender como subir um arquivo .WPRESS de QUALQUER TAMANHO, gerado pelo All in One no Wordpress.

Quando um backup é feito no wordpress, ele gera um arquivo chamado .wpress, que você pode restaurar usando o próprio plugin. Mas, se o arquivo for maior que 256MB(o que na maioria dos sites é), você precisa comprar a versão premium do plugin.

Outra forma de fazer o backup é via FTP ou subindo pelo gerenciador de arquivos.
Mas, e se você somente possui este arquivo WPRESS? É isso que iremos te ensinar hoje.

Iremos precisar de:

  • O arquivo .WPRESS
  • O programa gratuito chamado WPRESS-EXTRACTOR
  • Um computador com Windows, Mac ou Linux

Primeiramente, crie uma pasta em qualquer lugar e coloque o arquivo .wpress dentro. Depois, baixe através do link abaixo o wpress-extractor.exe e coloque na mesma pasta acima.

DOWNLOAD WINDOWS
DOWNLOAD MAC/LINUX

A pasta deverá ficar com:

Depois, abra o CMD ou o Terminal nesta pasta. Para isso, basta digitar na barra de endereços apenas CMD no windows ou Terminal no Mac e dê um Enter:

E pronto, uma janela do CMD irá aparecer ou do terminal, parecida com esta:

Depois disso, coloque o seguinte comando e dê Enter:

  • Se for Windows, coloque: wpress-extractor nomedoseuarquivo.wpress
  • Se for Linux ou Mac, coloque: chmod +x wpress_extractor nomedoseuarquivo.wpress

Automaticamente, ele irá descompactar os arquivos do seu backup:

Quando finalizado, irá dar uma mensagem escrita: "All Done!"
Podemos checar na pasta que ele descompactou todo o seu backup do wpress:

Dentro do painel da hostinger, crie uma nova instalação do wordpress no seu domínio ou no seu subdomínio.

Para adicionar o wordpress em sua hospedagem, basta ir em: Hospedagem -> Gerenciar (Na que você deseja) -> Auto Instalador:

Depois, é só clicar no ícone do Wordpress:

E então, colocar os dados para a instalação.

Feito isso, abra o gerenciador de arquivos dentro do seu painel e navegue até a pasta onde está instalado o seu Wordpress, que é:
Domains -> seu domínio -> Public_html -> subdomínio (se existir, senão somente na Public_html).

Dentro dela irá ver uma estrutura parecida com essa. Abra a pasta wp-content e delete tudo dentro dela, até ela ficar vazia:


Depois disso, conecte o teu servidor pelo FTP no Filezilla ou em qualquer outro cliente. Para fazer uma conexão usando um cliente FileZilla, primeiro você vai precisar coletar seus detalhes de FTP.

Na Hostinger, eles estão localizados na seção Contas FTP do painel de controle na categoria Arquivos.

Lá, você encontrará seu FTP Hostname, FTP Username, FTP Password e FTP Port, que serão todos necessários durante o processo de como configurar o FileZilla.

No caso de você não se lembrar ou saber seu FTP Password, ele pode ser redefinido pressionando o botão Mudar Senha de Conta.

Para saber como configurar o FileZilla e conseguir adicionar um site ao seu cliente, tudo o que você precisa fazer é abrir a ferramenta FileZilla e acessar o Site Manager (Gerenciador de Site).

O Site Manager pode ser acessado pressionando CTRL + S (no MAC, você deve usar CMD + S) enquanto no cliente FileZilla.

Ou você pode simplesmente pressionar o ícone de cima à esquerda no seu cliente de FTP recém-instalado.

Coloque:
Host: IP da hospedagem
Usuário: nome de usuário FTP
Senha: Senha FTP Redefinida anteriormente
Porta: 22

E clique em Ok ou Connect pra conectar.
Dentro do filezilla, do lado direito, navegue até a Wp-content e verá que está vazia, pois foi apagado. Agora, do lado esquerdo, abra a pasta onde extraímos o conteúdo.
Com isso, arraste todos os arquivos EXCETO O DATABASE.SQL do lado esquerdo para o lado direito e aguarde até concluir o upload.

Depois de concluído, vá no gerenciador de arquivos da hospedagem pelo painel da hostinger e navegue novamente até a instalação do seu wordpress, porém agora clique duas vezes no arquivo wp-config.php para descobrirmos qual é o banco de dados. Encontre a linha DB_NAME e lá terá o nome do seu banco de dados:

Volte ao painel da hostinger e acesse a sessão de Bancos de Dados MYSQL. Clique no nome do banco que foi checado anteriormente no wp-config e depois em phpmyadmin:

Uma nova janela abrirá. Desça até encontrar a opção de marcar todos, e selecione Elimina, conforma a imagem abaixo:

E depois, confirme clicando em Sim:

Depois de feito, clique em importar -> escolher arquivo e escolha o DATABASE.SQL que foi gerado pelo exportador do wpress(aquele arquivo que não subimos anteriormente):

Desça e clique em executar:

Assim que executar, você verá o prefixo do banco de dados:

Nesse caso, o prefixo é "wp_" (sem aspas).
Abra novamente no gerenciador de arquivos o arquivo wp-config.php e procure pela linha $table_prefix:

Atualize esse prefixo para o prefixo que encontrou no seu banco de dados e clique em "SAVE & CLOSE".

Depois disso, se o banco estiver ok e os arquivos, o seu site será restaurado por completo! E é desta forma que é restaurado um arquivo wpress de qualquer tamanho de forma segura, sem perder nenhum dado do seu site.

Encontrou sua resposta?